Efeito Gloss: lábios volumosos com aspecto de batom

Na busca pelo rejuvenescimento, os tratamentos anti-idade estão ganhando cada vez mais espaço. Uma das técnicas desenvolvidas pela medicina é o “Skinbooster”, uma hidratação profunda da pele, que ao ser realizada na boca, gera o chamado “efeito gloss”.

Atualmente, entre os procedimentos estéticos realizados nos consultórios dermatológicos, o preenchimento labial é um dos mais procurados, já que muitas mulheres querem ter um “bocão” sensual, lábios carnudos e macios que chamam a atenção. E uma nova técnica de preenchimento causa o “efeito de gloss labial” por um período mais longo. “O ácido hialurônico utilizado para esse procedimento causa uma hidratação da pele e concentra água para as células, estimulando a produção de colágeno na região do tratamento, garantindo maior firmeza e vitalidade”, explicou a dermatologista Adriana Biagioni, que atua na Clínica da Pele e no Espaço Allure, em Belo Horizonte.

A dermatologista garante que apesar do tratamento ser relativamente recente é bastante seguro e rápido. “Há alguns anos indicávamos um produto à base de veneno de abelha para provocar um discreto aumento e inchaço nos lábios, porém de resultado inferior à aplicação do Skinbooster e de duração muito curta. Hoje, o efeito é leve e muito bonito, com duração de cerca de um ano. Nos lábios, a aplicação é realizada com uma cânula após a anestesia local. No dia do procedimento o local pode ficar levemente dolorido e inchado, e, eventualmente, pode se formar um pequeno hematoma que se resolve espontaneamente em 5 a 7 dias. É indicado a partir dos 20 anos de idade”.

Mas, a especialista ressalta que o tratamento não pode ser realizado se houver alguma lesão no local, como uma infecção ou mesmo herpes labial. “Após o procedimento é recomendado evitar sauna e contato com água (mar, rio, lagoa ou piscina) de 3 a 5 dias. Se ocorrer um hematoma, deve-se também evitar exposição solar. As principais contra-indicações são em caso de gravidez, amamentação, alergias conhecidas aos componentes da fórmula e certas doenças auto-imunes”, destacou a médica.

Tratamento em outras regiões

Ela esclarece que o ácido hialurônico está presente na nossa pele, auxiliando na firmeza e hidratação e por se tratar de uma substância que já existe em nosso corpo e por isso o risco de reações adversas é menor. “Sabendo de sua capacidade de reter água, foi desenvolvido um ácido hialurônico de rede mais suave, que pode ser aplicado em linhas finas, como as linhas em volta dos olhos (pés de galinha) e da boca (“código de barra”), na pele do rosto, colo e pescoço para dar mais vitalidade e viço, e nos lábios, para realçar seus traços”, afirmou Adriana.

A médica ainda lembra sobre a importância de buscar sempre um especialista capacitado e de preferência membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia para realizar o procedimento e garantir um tratamento saudável e eficaz. “Nem sempre o resultado obtido é o esperado porque cada um reage de modo individual a este tipo de procedimento estético. Por isso, o profissional indicado para isso é o dermatologista e é feito no consultório médico”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s