As doenças mais comuns no verão

Durante os meses do verão, algumas doenças costumam aparecer com maior frequência. O calor e o aumento do suor favorecem o desenvolvimento de micro-organismos, como fungos e bactérias, facilitando o surgimento de infecções da pele. Fezes de cães e gatos nas areias das praias podem causar o “bicho geográfico”, por exemplo. Já a “brotoeja” está relacionada com o aumento do suor nesta época do ano.

Para evitar que o calor traga, como brinde, doenças indesejáveis, entrevistamos a Dra Adriana Biagioni, da Clínica da Pele, que vai nos dizer quais são (e como evitar) as doenças que se proliferam nas altas temperaturas. Vamos lá?

1-  Quais as doenças de pele que mais atingem as pessoas no verão?

Há várias doenças, de diversas causas. São muito comuns as miliárias (em bebês, principalmente), as micoses de pele e unhas, queimaduras solares, manchas de diversas etiologias (melanoses, melasma, “sardas”, manchas claras…), dermatites por uso de produtos químicos e cosméticos e fitofodermatoses (queimaduras causadas pelo contato da pele com vegetais e frutas, como o limão, por exemplo), só para citar algumas.

2-  O que é Pitiríase versicolor ou micose de praia? Qual é seu tratamento?

É uma mancha clara, rosada ou escura (daí o nome versicolor – várias cores), causada pela presença de um fungo na pele. As manchas são arredondadas, localizadas principalmente nas costas, colo e ombros, e ficam mais visíveis após exposição solar. O tratamento é feito com antimicóticos em cremes e/ou shampoos, em geral.

3-  É verdade que existe um tipo de acne desencadeada pelo sol? Como tratá-la?

A acne pode ser desencadeada pela ação do sol na pele ou pelo uso de cosméticos, como filtros solares. O sol deixa a pele mais espessa, aumenta a eliminação de sebo e afasta as células de defesa da pele, contribuindo para o surgimento de cravos e espinhas. O tratamento é feito com medicamentos usados para a acne “verdadeira”, além, é claro, da não exposição solar e uso de filtros adequados.

4-  O que uma pessoa que tem herpes labial deve fazer para não apresentar a doença durante o verão?

Evitar exposição solar intensa e tomar sol aos poucos pode ajudar. Além disso, em casos de episódios de repetição, pode ser feita uma profilaxia com antivirais usados para o tratamento de herpes.

5-  Como evitar a brotoeja? Quais os cremes ou tratamentos mais eficazes?

A “brotoeja” é um nome leigo que pode designar diversas lesões de pele. Em geral, diz respeito à miliária, uma obstrução dos canais das glândulas de suor devido a um superaquecimento, exercício físico ou exposição solar. É importante manter a pele arejada, usar roupas leves, de acordo com a temperatura externa, de preferência de tecidos naturais como o algodão, e usar cremes à base de calamina.

6-  Como tratar as manchas causadas por limão + sol?

Evitar exposição ao sol, não usar receitas caseiras ou medicamentos sem prescrição médica e procurar um dermatologista para o tratamento adequado. Tentativas de tratamento sem orientação podem até agravar a mancha.

7-  Como evitar o bicho geográfico? 

O bicho geográfico ou larva migrans é um parasita do cão e do gato, eliminado nas fezes destes animais, depositadas na terra ou na areia.  O homem, ao entrar em contato com essa terra ou areia, pode ser infestado. O parasita penetra na pele e, por estar em um local “errado” (no homem, e não no cão ou gato), fica alojado na epiderme, desencadeando uma reação inflamatória. E, à medida que “caminha” pela pele, vai formando uma linha, um desenho – que pode ser parecido com um mapa geográfico, de onde vem seu nome.

8- Furúnculo e foliculite também aparecem mais nas estações quentes? Qual sua relação com o calor e o que devemos fazer para nos precaver?

Sim, apesar de poderem ocorrer em qualquer época do ano, o verão é o período mais propício. O calor e a umidade, o excesso de suor, favorecem a proliferação de bactérias causadoras dessas infecções. Além disso, o ato de raspar ou depilar os pelos também pode contribuir, já que pode desencadear pequenas lesões de pele que atuam como “porta de entrada” para esses micro-organismos.

9-  O que é Impetigo? Qual seu tratamento?

Impetigo é um tipo de infecção de pele, causada por bactérias, mais comunsem crianças. Otratamento deve ser feito com antibióticos adequados.

10–  Quais as causas da Tinea cruris ou “micose da virilha”?

A micose é causada por fungos, micro-organismos que podem infectar a pele, a partir do contato com ambientes contaminados (terra, areia, piso de saunas, vestiários, etc), com outra pessoa infectada ou com animais de pelo que apresentem o fungo na pele. Propiciam a infecção: a umidade nesse local do corpo, o calor e suor, o atrito com a roupa e o hábito de permanecer com roupas de banho ou molhadas por muito tempo.

11 – Quais suas dicas, como dermatologista, para que possamos passar o verão com a pele mais saudável e protegida?

Usar sandálias ou chinelos quando estiver na praia, piscina, vestiários ou gramados; trocar a roupa molhada assim que possível; usar roupas frescas, leves, de preferência de algodão; usar filtro solar de acordo com o seu tipo de pele, reaplicando a cada 3 – 4 horas e sempre que molhar a pele (vale lembrar que filtro solar não é passaporte para tomar sol!); evitar o sol no período de 10 às 16 horas; ingerir água e sucos, alimentos leves, frutas; gosto de indicar a aplicação de água termal na pele após a exposição solar, além de hidratantes.

1 comentário Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s